HOW TO KEEP MOTIVATED

by - October 11, 2015


Por vezes dou por mim desmotivada relativamente às mais variadas coisas e a querer desistir de algumas delas e isso tem uma razão. Acredito realmente que, quando queremos, conseguimos chegar onde quer que seja mas, para isso, é preciso ter algumas coisas em consideração. Porque sei que não sou a única a sofrer deste mal trago-vos, hoje, o tal post mais pessoal, onde falo da minha experiência e do modo como ultrapasso o problema sempre que preciso. Às vezes só o facto de nos relembrarmos de que não estamos sozinhos já nos dá o empurrãozinho necessário para a mudança acontecer - só não se deixem conformar!

As razões que nos podem levar à desmotivação diferem de pessoa para pessoa e de situação para situação. Nunca me aconteceu, por exemplo, desmotivar de um modo profundo em relação ao meu trabalho como designer ou blogger - claro que já aconteceu mas foi facilmente ultrapassado porque são duas vertentes da minha vida que adoro! - já relativamente ao meu lado mais artístico - e refiro-me à parte literal da coisa: artes plásticas, desenho, etc - os bloqueios são constantes e a vontade de realizar trabalho é absolutamente nenhuma. De acordo com a minha experiência, deixo-vos alguns hábitos a que costumo recorrer para combater a desmotivação:

RELEMBRA-TE DE ONDE TUDO COMEÇOU
REMEMBER THE POINT WHERE IT ALL BEGAN AND SEE WHAT YOU'VE REACHED
É importante que tenhas um momento de introspeção e que consigas recordar-te acerca de onde querias chegar quando começaste, quais eram as tuas metas. Ao te permitires fazer isso vais perceber que o patamar onde te encontras já está para lá daquele que tinhas estipulado. Isso ajudar-te-á a veres que conseguiste alcançar muita coisa e a sentires-te mais confiante com o teu trabalho. Lembra-te que, mesmo que pouco a pouco, as coisas avançam e tu, se te esforçares, nunca estarás sempre no mesmo lugar.

NÃO ADIES TRABALHO
DON'T DEFER YOUR WORK
Ao adiares trabalho vais estar a acumulá-lo e a colocar mais pressão sobre ti. Com essa pressão vais acabar por fazer tudo à pressa esquecendo os pormenores que são aquilo que, realmente, diferenciará o teu trabalho de todos os outros que já se fazem. Conclusão: o teu trabalho perderá qualidade e será só mais um.

DENTRO DAQUILO QUE FAZES, DECOBRE O QUE REALMENTE AMAS FAZER
IN YOUR WORK AREA, DISCOVER WHAT YOU REALLY LOVE TO DO AND FOCUS ON IT
Dentro de uma determinada área de trabalho há inúmeras "especialidades" que podes - e, se gostares apenas de só uma, deves (!) - seguir. No meu caso, interesso-me muito por Design em geral, no entanto, o Design de Ambientes cativa-me mais do que o de Espaços assim como o Design de Moda me interessa mais do que o Têxtil. Falo do meu curso pois é o que conheço mas tal como no meu existem mais uns quantos assim. Isto também acontece em atividades extra curriculares. No que diz respeito ao blogue, por exemplo, sempre que faço viagens falo delas, no entanto, o que eu gosto mesmo de trabalhar são os outfits. Assim como adoro escrever mas, para mim, a fotografia acaba por dizer mais do que qualquer texto que aqui coloque. É importante que trabalhes naquilo que gostes ou, se tiveres de trabalhar em mais do que isso, que o faças mas tendo sempre em foco o que realmente amas fazer.

CONTROLA AS TUAS HORAS DE TRABALHO
CONTROL YOUR WORKING HOURS SO YOU WON'T OVER WORK
Este é um dos maiores problemas que surgem na minha área - o Design. Muitos de nós, quando trabalhamos como freelancers, acabamos por não ter um horário de trabalho específico, um chefe que nos diga exatamente o que fazer e que, a determinada hora, nos diga um basta e nos mande embora, para casa. Por isso, é muito importante estabelecermos um horário e local (!) de trabalho - quem nunca cometeu o erro de trabalhar com o computador nas pernas, sentado na cama? isso é péssimo pois o nosso corpo, quando nos formos deitar para, supostamente, descansar, vai continuar a pensar em trabalho, como se ainda não tivesse desligado das horas que passámos ali. É imprescindível que possamos mudar de ambiente assim que acaba o nosso expediente, assim o nosso cérebro mudará de ares e esquecerá aquele ambiente pesado de escritório.

PENSA NO TIPO DE TRABALHO QUE GOSTAS DE VER
THINK ABOUT WHAT KIND OF WORK YOU LIKE TO SEE AND DO IT
Há algo que te chama a atenção no trabalho do teu colega? No blogue que visitas diariamente? Então talvez essa seja uma boa forma de começar. Aqui no blogue, quando comecei, o layout era colorido e cada post tinha umas dez etiquetas. Com o tempo fui-me apercebendo de que um layout mais clean e as etiquetas organizadas fariam com que mais gente visse o blogue depois de o abrir. O importante é aplicares aquilo que gostas de ver no trabalho alheio, no teu. Assim, do mesmo modo que valorizas o outro, valorizarás o teu. Só não te esqueças de ser original e fazer a tua (!) versão da coisa! Não há nada pior do que alguém olhar para o que fizemos e lembrar-se de ter visto algo muito semelhante noutro local. Originalidade sempre!

NÃO TE ISOLES DO MUNDO
DON'T ISOLATE YOURSELF FROM THE WORLD. GO OUT, INSPIRE AND COME BACK TO WORK
Se há algo que nos faz bem é fazer pausas entre horas de trabalho para apanhar ar. Com isto quero dizer ouvir música, dar um passeio, ir ao ginásio, encontrar os amigos para almoçar, entre outras coisas que gostes de fazer. Lembra-te que ao fim de duas/três horas de trabalho o teu cérebro começa a ficar cansado e as ideias deixam de fluir. Pára, inspira-te, diverte-te um pouco e depois sim, volta e foca no que tens a fazer. Eu costumo parar para ouvir música, ver blogues e vídeos no youtube. Costuma funcionar!

NÃO SEJAS DEMASIADO EXIGENTE CONTIGO
DO NOT BE TOO DEMANDING WITH YOURSELF
Este é um dos pontos contra o qual tenho mais dificuldade em lutar. É importante sabermos o que conseguimos fazer e quanto tempo levaremos a atingir essas metas. Do mesmo modo é importante sabermos dar valor ao resultado final do que fizemos - ainda que não tenha ficado como idealizámos, algo se concretizou e, muitas das vezes, até está bem melhor do que nós, que executamos o trabalho, achamos. É difícil, é verdade, eu própria vejo-me às aranhas para conseguir colocá-lo em prática mas a pouco e pouco vai-se conseguindo. Encontrar o equilíbrio é fundamental - não exijas demasiado de ti mas também não te conformes com a mediocridade. Se és capaz de melhor, fá-lo!

DÁ TEMPO PARA QUE CONSIGAS CRESCER NO TEU MEIO DE TRABALHO
GIVE IT TIME FOR YOU TO GROW PROFESSIONALLY ON YOUR WORK AREA
O pior erro que cometemos é querer ter logo tudo aos nossos pés nos primeiros tempos. Lembra-te que para começar é preciso começar de baixo, em passinhos de bebé, e ir aprendendo, melhorando e subindo de patamar até chegar onde sempre quisemos. Colocar a carroça à frente dos bois nunca deu bom resultado e, muitas vezes, leva a que desistas do que fazes mesmo que tenhas um grande potencial. Saber esperar é uma virtude. No entanto, saber esperar é diferente de cruzar os braços! Dá tempo ao tempo para que possas crescer mas mexe-te para que algo aconteça!

O que acharam do post? Querem ver mais deste género? Contem-me tudo!

ph J. E. Simões

You May Also Like

8 comentários

  1. Ameeeiiii as dicas!!! :) <3 Quem faz muito este tipo de artigo de motivação é a Zanita. Pesquisa, tenho a certeza que vais amar!

    Beijinhos
    kllau.com

    ReplyDelete
  2. Adorei as dicas, devias mesmo de fazer mais posts deste género :)
    Xoxo

    www.atwednesdaysiwearpink.blogspot.pt

    ReplyDelete
  3. Adoreii, gosto sempre de posts pessoais :) concordo em todos os pontos e já tento fazer disso a minha rotina. Beijinhoo **

    ReplyDelete
  4. Absolutely love the styling here! Gorgeous!

    Diana Cloudlet
    www.dianacloudlet.com

    ReplyDelete
  5. Gostei das dicas.. mas primeiro o que adorava mesmo era ter trabalho na área pra depois conseguir pensar nos próximos passos :)
    Beijinhos

    ReplyDelete
  6. Definitivamente vou passar a usar estas dicas!

    xoxo,
    Novo post, zenvogue.blogspot.pt

    ReplyDelete
  7. Realmente nem sempre é fácil manter-mo-nos motivados, nem quando fazemos o que mais gostamos! Adorei as tuas dicas e este post um bocadinho mais pessoal! :) xx

    ReplyDelete
  8. Identifiquei-me bastante com as dicas deste artigo! Continuação de bom trabalho!

    ReplyDelete

Obrigada pelos comentários.
Todos serão respondidos, brevemente, nos respetivos blogues.